5 dicas de especialistas para trocar de provedor de hospedagem para seu site WordPress

Às vezes os relacionamentos não dão certo. A divisão pode ser complicada, principalmente se você estiver tentando mover seu site WordPress de um host para outro. Há considerações financeiras em jogo, você está preocupado com a disponibilidade do site e sempre existe a possibilidade de você pressionar o botão errado e *puf*! Anos de trabalho duro e conteúdo pago foram jogados fora.

Já está tremendo na cadeira da escrivaninha?

Não tema. Uma troca tranquila é possível, desde que você siga estas dicas úteis (e o número 5 pode ser apenas o seu ingresso para uma troca sem estresse). Veja como trocar de provedor de hospedagem na web para o seu site WordPress:

1. Escolha seu novo host com sabedoria

A troca de hosts não deve ser um evento anual. Faça essa mudança durar avaliando minuciosamente suas opções e escolhendo o fornecedor que melhor atende às suas necessidades específicas.

  • Qual é o seu orçamento?
  • Você é um blogueiro focado em conteúdo ou proprietário de uma pequena empresa que precisa de ferramentas de comércio eletrônico?
  • Que tipo de tráfego do site você espera?
  • Quanto espaço de armazenamento você prevê precisar?
  • Você precisa de um host tradicional ou gerenciado?
Ler:  Mantenha sua pequena empresa segura com estas dicas importantes hoje

2. Faça backup do seu site existente

Não toque em nada até ter certeza de que pode restaurar seu site atual se algo der errado. Esperançosamente, você sempre criou backups como parte de sua rotina regular de manutenção do site, mas se não, este é o momento perfeito para começar um novo hábito. Existem plugins do WordPress que podem ajudar nesse processo, automatizando os backups para que você não precise se preocupar em clicar manualmente em “ir”. Mesmo que você saiba como trocar de provedor de hospedagem na web, um backup irá protegê-lo de quaisquer erros ou contratempos ao longo do caminho.

3. Inicie sua transferência de arquivos

Surpresa! Só porque você criou um backup não significa que seu trabalho terminou. Todos os seus arquivos devem ser transferidos pelo novo host, e essa migração é, na melhor das hipóteses, complicada e totalmente difícil para a maioria. Você terá que fazer backup de todos os seus arquivos usando um programa FTP, exportar o banco de dados resultante, criar um novo banco de dados com seu novo host, ajustar o nome do arquivo do banco de dados, importar e finalmente enviar tudo para seu novo host.

Parece exaustivo? Há uma razão pela qual as pessoas treinam para fazer isso. No entanto, existem muitos guias passo a passo disponíveis na web e é definitivamente possível fazer a transferência DIY. Não tenha medo de pedir ajuda à equipe de suporte do seu novo anfitrião e, assim como preparar uma nova receita, leia todas as instruções antes de agir.

Ler:  Processo de integração do cliente: etapas e etapas Dicas para construir relacionamentos duradouros

4. Não se esqueça das “pequenas coisas”

Contas de e-mail, SEO, links ausentes e quebrados e erros de banco de dados normalmente não são a prioridade quando você supervisiona a migração de um site pela primeira vez, mas essas são as informações que acabarão por fazer ou quebrar seu site daqui para frente. Um banco de dados corrompido é uma situação imediata de luzes e sirenes, mas os erros 404 são mais insidiosos e podem, lenta mas seguramente, minar a confiança do seu público.

5. Obtenha ajuda de especialistas em WordPress

Mesmo que agora você saiba como trocar de provedor de hospedagem na web, você pode contar com pelo menos alguns contratempos se for um novato em sites e estiver determinado a trocar de host por conta própria. É um processo complexo e há mais partes móveis do que você espera, mas felizmente existem especialistas em WordPress que estão aqui para ajudar.

Interessado em mudar seu site, mas não sabe por onde começar? A equipe do Hostinger tem conhecimento sobre como trocar de provedor de hospedagem para o seu site WordPress. Ligue hoje para (855) 977-0391 para descobrir uma maneira inteligente e mais rápida de seguir em frente.

Novas publicações:

Recomendação