5 maneiras de proteger sua pequena empresa trabalhadora

Você tem muitas tarefas a realizar como proprietário de uma pequena empresa. A pressão para ter sucesso recai sobre você e cabe a você liderar seus funcionários no local de trabalho. Um aspecto que você não deve ignorar é como Proteja sua pequena empresa.

“Risco” é uma palavra mais associada a negócios e, como proprietário de uma empresa, você deseja ter certeza de que isso não o afetará negativamente. As estatísticas mostram que aproximadamente 20% das empresas nos EUA eles falham no primeiro ano.

Esta estatística preocupante é a razão pela qual os proprietários de pequenas empresas devem garantir que os seus negócios estão bem protegidos para reduzir as suas hipóteses de fracasso.

Independentemente de você ser um empreendedor iniciante ou já estar no mercado há muito tempo, existem algumas medidas proativas que você deve tomar para fornecer proteção adequada ao seu negócio e mantê-lo funcionando sem problemas. Abaixo estão cinco maneiras de fazer exatamente isso.

Proteja sua pequena empresa

Existem cinco ações, em particular, que você pode realizar e implementar para ajudá-lo a conseguir isso. Caso contrário, você poderá estar se preparando para situações difíceis e indesejadas.

Ler:  Shopify SEO: a lista de verificação definitiva de SEO para 2024

Seja proativo agora para garantir que, se alguém tentar persegui-lo ou você cometer erros, você tenha salvaguardas para ajudá-lo a evitar certas circunstâncias negativas ou prejudiciais.

Essas dicas também se aplicam a negócios online e offline, bem como Blogueiros que monetizam seus blogs.

1. Estabeleça medidas de segurança eficazes

A informação é um bem valioso, especialmente no mundo digitalizado de hoje. Isto é evidente no aumento contínuo de violações de dados de vários negócios. Portanto, é vital garantir que seus arquivos e outros dados comerciais estejam bem protegidos.

Isto inclui educar o pessoal sobre medidas adequadas de segurança cibernética, monitorizar cuidadosamente o acesso a ficheiros sensíveis e garantir soluções e medidas de segurança eficazes baseadas na nuvem.

Implantar on-line Medidas de segurança para proteger sua pequena empresa. e seus arquivos.

Você precisa fazer isso com os clientes, especialmente porque não deseja que suas informações caiam em mãos erradas.

Execute um software antivírus e use senhas desafiadoras para que os hackers não possam acessar facilmente suas contas e arquivos online.

Além disso, você também deve garantir que sua empresa esteja adequadamente protegida fisicamente. Considere a instalação de dispositivos de segurança, como alarmes, leitores de impressões digitais e câmeras de segurança, para se proteger contra ladrões.

Use a segurança cibernética para proteger seu negócio online.

2. Certifique-se de proteger sua pequena empresa

Existem vários fatores inesperados aos quais sua empresa pode estar exposta, que podem causar danos a propriedades, funcionários e clientes. Quando isso ocorre, sua empresa pode ter que fazer pagamentos diretos que podem impactar drasticamente seu futuro financeiro.

Ler:  Como colocar seu negócio online: pela primeira vez

É aqui que o seguro entra em jogo. O seguro empresarial ajuda a gerenciar o custo de danos materiais e oferece cobertura de responsabilidade caso você seja processado por um funcionário ou cliente.

Ao selecionar uma apólice de seguro, você deve considerar a natureza dos riscos associados ao seu negócio e ao seu setor. Você também deve considerar outras apólices de seguro, como seguro de vida e cobertura de seguro para seus funcionários.

Porém, antes de adquirir sua apólice de seguro, faça uma pesquisa adequada para encontrar a cobertura certa para o seu negócio. Um bom ponto de partida são as avaliações. Por exemplo, se quiser adquirir um seguro da Primerica, você pode ler as avaliações da Primerica para saber mais sobre a empresa e seus serviços.

Por exemplo, seguro e&o cobrirá os custos de ações judiciais ou supostos danos causados ​​a um cliente por erros inadvertidos ou omissões em seu trabalho.

É aconselhável ter esse serviço e proteção porque erros acontecem e você quer ter certeza de que os danos que as pessoas buscam não afetarão seu negócio para sempre.

Aqui na Inspire To Thrive tenho seguro empresarial, pois às vezes trabalho nos computadores dos clientes e gerencio suas redes sociais.

3. Contrate um advogado respeitável para proteger sua pequena empresa

Muitos requisitos legais cercam o seu negócio e pode ser difícil acompanhar todos eles. É por isso que nunca é errado ter um advogado disponível para oferecer aconselhamento jurídico. Um advogado não apenas o manterá informado sobre atualizações jurídicas, mas também poderá ajudá-lo a garantir que aspectos do seu negócio estejam livres de problemas jurídicos que possam ser catastróficos para o seu negócio.

Ler:  Principais motivos para terceirizar sua publicidade no Linkedin

Portanto, considere contratar serviços jurídicos para revisar contratos e acordos, oferecer assessoria jurídica, ajudar com impostos, etc.

É aconselhável pedir recomendações de fontes confiáveis, como a sua rede, ao selecionar um advogado. Você também deve comparar vários advogados antes de tomar uma decisão. Por fim, verifique seu orçamento para ver quanto você pode pagar em taxas.

Proteja você e sua empresa com um advogado.

4. Cuidado com o que você diz, faz e publica

Como proprietário de uma pequena empresa, as pessoas estão sempre observando e acompanhando o que você faz. Portanto, é essencial que você monitore o que você fala, faz e posta mídia social.

Lembre-se de que você não pode retirar palavras ou apagar o que escreve e anunciar para o mundo. Proteja seu negócio e sua reputação pensando antes de falar ou postar e tendo um filtro para evitar ações ou palavras das quais você se arrependerá mais tarde.

Esse estoque está muito difícil em 2024, eu sei. Alguns clientes postaram coisas em seus perfis comerciais e tive que lembrá-los de fazer isso apenas em suas páginas pessoais, se necessário. É uma linha tênue a percorrer durante os ciclos eleitorais.

Você deseja preservar seus relacionamentos com outras pessoas e não correr o risco de contaminá-los.

5. Entenda suas finanças

Outra forma de proteger sua pequena empresa é entender suas finanças. Ter problemas financeiros ou ser antiético colocará você e sua empresa em risco. Entenda detalhadamente sua situação financeira e coloque apenas pessoas de sua confiança no comando de seus livros.

Ler:  6 tendências de marketing em mídias sociais a serem observadas em 2024

>Aborde quaisquer problemas de frente e faça tudo o que puder para minimizar a chance de surpresas. Mantenha suas finanças comerciais e pessoais separadas para evitar confusão.

Obtenha ajuda com seus impostos se precisar e saiba exatamente quanto dinheiro você gastou e recebeu a cada mês.

Pague suas contas em dia e nunca faça suposições ou faça jogos de adivinhação no que diz respeito às finanças da sua empresa.

Cabe a você saber como proteger sua pequena empresa

O que você está fazendo hoje para proteger sua pequena empresa? No ambiente de negócios atual, é muito importante que você tome medidas para proteger você e sua empresa. Eu adoraria ouvir mais de você nos comentários abaixo!

Inscreva-se hoje mesmo neste curso de Instagram para pequenas empresas com garantia de devolução do dinheiro!

Novas publicações:

Recomendação