A ascensão dos superaplicativos: como um aplicativo pode fazer tudo

À medida que as necessidades e demandas dos usuários crescem, a tecnologia continua evoluindo para atendê-las. Uma dessas evoluções é o surgimento dos superaplicativos, que se tornaram populares em diversas partes do mundo. Esses aplicativos multifuncionais oferecem uma ampla gama de serviços em uma única plataforma, remodelando a forma como as pessoas usam seus smartphones e revolucionando o setor de marketing móvel.

Este artigo explorará os superaplicativos, por que são essenciais, como funcionam, exemplos de superaplicativos, seu impacto na indústria de marketing móvel e seu potencial para crescimento e inovação futuros.

O que são Superaplicativos?

Um superaplicativo é um aplicativo móvel ou web que combina muitos serviços em uma plataforma. É uma plataforma tecnológica multisserviço que oferece uma gama de recursos básicos e miniaplicativos independentes que os usuários podem acessar no aplicativo principal.

Esses miniaplicativos podem incluir redes sociais, comércio eletrônico, serviços bancários, mensagens, entrega de comida, carona, pagamento de contas e compras on-line, oferecendo aos usuários uma experiência perfeita e conveniente. Um superaplicativo é composto de vários recursos modulares que podem funcionar como aplicativos independentes de propósito único. Exemplos famosos de superaplicativos incluem WeChat, Grab e Gojek na Ásia, bem como LINE no Japão e KakaoTalk na Coreia do Sul.

A ascensão dos superaplicativos

Os superaplicativos ganharam popularidade notável na Ásia porque simplificam a vida dos usuários. Com o crescente número de aplicativos nos smartphones das pessoas, os superaplicativos combinam muitos serviços em um único aplicativo, aumentando a conveniência e aumentando o engajamento e a fidelidade. O rápido crescimento dos smartphones e da Internet na Ásia cria um ambiente ideal para superaplicativos.

Mas, embora os superaplicativos tenham ganhado popularidade na Ásia, África e América Central, eles ainda não foram adotados na América do Norte. É porque serviços populares como Amazon, Facebook e Google foram estabelecidos antes dos smartphones se tornarem a norma, e desde então desenvolveram aplicativos móveis separados em vez de se transformarem em superaplicativos. Além disso, a integração de mais recursos em um aplicativo pode degradar o desempenho e prejudicar o envolvimento do usuário.

Estatísticas e fatos sobre Super Apps

Gartner espera que, até 2027, mais de 50% da população global sejam usuários ativos de vários superaplicativos diariamente. O conceito de superaplicativo também se expandirá para incluir experiências empresariais móveis e de desktop, como plataformas de fluxo de trabalho, colaboração e mensagens.

De acordo com Fórum Econômico Mundialcom os smartphones de gama baixa a representarem 85% de todos os smartphones enviados para África no início de 2021, as super aplicações tornam a vida online africana menos complicada.

Ler:  O que é um cartão TF? Tudo que você precisa saber

De acordo com Revisão de negócios de Harvarduma pesquisa com consumidores de 2022 descobriu que 72% dos entrevistados nos EUA estariam interessados ​​em usar um superaplicativo.

De acordo com isso fonte, em uma pesquisa com usuários realizada em janeiro de 2022 em quatro dos principais mercados globais (Austrália, Alemanha, Reino Unido e Estados Unidos), quase metade dos entrevistados relataram estar ligeiramente ou pouco interessados ​​em usar um superaplicativo. Em comparação, 29% dos entrevistados relataram não ter interesse em usar um aplicativo móvel Omni-abrangente sempre que este estiver disponível. Além disso, 25% dos entrevistados relataram estar muito ou extremamente interessados ​​em um super app.

Como os Super Apps estão mudando a indústria de marketing móvel

SmartphoneSmartphone

Os superaplicativos fornecem uma maneira econômica e conveniente para os usuários acessarem vários serviços em um único aplicativo. Os super aplicativos podem servir como um hub central para diversas funções, atendendo ao crescente número de usuários de smartphones em todo o mundo.

Os superaplicativos começam com um serviço principal e se expandem para incluir vários miniserviços. Por exemplo, Gojek, um famoso superaplicativo, começou como um aplicativo de compartilhamento de motocicletas antes de incorporar mais de 20 serviços diferentes, como compras e entrega. Esses aplicativos servem como plataformas front-end onde desenvolvedores internos e externos podem publicar miniaplicativos.

  • Marketing baseado em dados: os superaplicativos reúnem grandes quantidades de informações do usuário, permitindo que as empresas personalizem campanhas de marketing direcionadas e personalizadas. Ao analisar os hábitos, preferências e experiências dos usuários, os profissionais de marketing podem ajustar suas estratégias e se conectar com seu público ideal por meio de mensagens eficazes. As marcas podem lançar campanhas de marketing baseadas em dados dentro do ecossistema Grab usando GrabAds, aumentando suas chances de envolver e converter usuários em clientes.
  • Parcerias e Colaborações: os superaplicativos costumam formar parcerias com empresas locais, criando relacionamentos mutuamente benéficos. Através de alianças estratégicas, as empresas podem expandir o seu alcance, aumentar a base de clientes e aumentar a visibilidade da marca. Além disso, os super apps podem oferecer uma ampla gama de serviços extras por meio de parcerias, atraindo mais usuários para sua plataforma.
  • Promoção cruzada de serviços: os superaplicativos permitem que as empresas ofereçam vários serviços em um único aplicativo, incentivando os usuários a explorar diferentes categorias. Por exemplo, quando os usuários pedem comida, eles podem receber uma sugestão para reservar uma viagem no mesmo aplicativo. Essa estratégia de promoção cruzada pode aumentar a receita e melhorar o envolvimento do usuário.
  • Modelos de assinatura: Os superaplicativos introduziram diferentes modelos de assinatura para gerar receita. Por exemplo, Grab oferece GrabUnlimited, um modelo baseado em assinatura que oferece aos usuários descontos e benefícios exclusivos em seus serviços. Essa abordagem cria receita e aumenta a fidelidade do cliente, proporcionando valor agregado.
  • Atrito reduzido e menor risco para pequenas e médias empresas: A estrutura centralizada dos superaplicativos reduz o risco para as pequenas empresas no mercado móvel. Ao integrar os seus serviços numa super aplicação existente, estas empresas podem evitar os desafios de desenvolver e promover uma aplicação independente. Plataformas como Gojek, na Indonésia, proporcionam às pequenas empresas acesso a uma grande base de clientes e reduzem os custos de infraestrutura de entrega, promovendo o crescimento e a inovação.
Ler:  WordPress x Shopify para SEO

Desafios dos Super Apps

Existem desafios associados à adoção e desenvolvimento de superaplicativos. Preocupações regulatórias sobre proteção de dados e privacidade podem dificultar a popularização de superaplicativos. A intensa concorrência entre fornecedores de aplicações de finalidade única também pode impedir o crescimento de superaplicações, uma vez que os utilizadores podem já preferir utilizar aplicações separadas para serviços diferentes. Além disso, as preferências e hábitos individuais dos usuários podem limitar a adoção e retenção de superaplicativos.

O futuro dos superaplicativos

Espera-se que a tendência dos super aplicativos continue crescendo, com mais players entrando no mercado e os atuais players expandindo seus serviços. As características únicas de vários mercados, como grandes populações, culturas diversas e rápida adoção tecnológica, tornam-nos ideais para o florescimento de superaplicativos. Super aplicativos impulsionam a inclusão financeira com carteiras digitais e serviços bancários móveis.

Conclusão

Os super aplicativos revolucionaram a forma como os usuários acessam muitos serviços em uma única plataforma. Embora tenham ganhado popularidade em certas regiões, a sua adoção e desenvolvimento enfrentam desafios. Ainda assim, os superapps oferecem comodidade, personalização e uma ampla gama de funcionalidades, tornando-os uma opção atraente para usuários e empresas na economia digital.

Os super aplicativos também revolucionaram a indústria de marketing móvel, fornecendo aos usuários uma experiência fácil e contínua e oferecendo uma ampla gama de serviços em uma única plataforma.

À medida que o cenário dos superaplicativos evolui, as empresas que se adaptam e inovam estarão bem equipadas para aproveitar suas oportunidades. O sucesso de superaplicativos gigantes como o WeChat serve como uma prova do imenso potencial dos superaplicativos na remodelação global da indústria de marketing móvel.

Perguntas frequentes (FAQ)

Qual é o maior super aplicativo?

De acordo com um Artigo da CNBC, o maior superaplicativo do mundo é o WeChat. A gigante chinesa de tecnologia Tencent o administra e tem mais de 1,3 bilhão de usuários. WeChat é um aplicativo de mensagens instantâneas como o WhatsApp, mas também possui pagamentos e os usuários podem acessar outros aplicativos, como e-commerce e bancos.

Quais são os Super Apps na África?

Alguns dos superaplicativos que estão deixando sua marca na África incluem:

  • M-Pesa: M-Pesa é um serviço móvel de transferência de dinheiro lançado no Quénia em 2007. Desde então, expandiu-se para outros países africanos e tem mais de 40 milhões de utilizadores activos.
  • JumiaPagamento: JumiaPay é uma plataforma de pagamento lançada pela Jumia, uma empresa de comércio eletrónico que opera em vários países africanos. Ele permite que os usuários paguem por bens e serviços online e offline.
  • Esquadrão por GTCO: Squad é um aplicativo de banco móvel lançado pelo Guaranty Trust Bank (GTBank), um banco nigeriano. Ele permite aos usuários abrir contas, transferir dinheiro, pagar contas e comprar tempo de antena.
  • SafeBoda: SafeBoda é um aplicativo de carona que opera em Uganda e na Nigéria. Desde então, incorporou comércio eletrônico e serviços financeiros em seu aplicativo.
  • Gózem: Gozem é um superaplicativo em vários países africanos, incluindo Togo, Benin, Gabão e Mali. Oferece serviços de carona, serviços de entrega e pagamentos móveis.
  • Gokada: Gokada é um aplicativo de carona que opera na Nigéria. Oferece serviços de mototáxi e desde então se expandiu para serviços de entrega.
Ler:  Os 10 melhores sites de agências digitais para inspiração

Estes são alguns dos superaplicativos que estão fazendo sucesso na África.

Qual é o Super App mais popular na África?

O superaplicativo mais famoso é o M-Pesa. A plataforma com 15 anos tem 51 milhões de utilizadores em sete países, incluindo Quénia, Gana e Egipto. A M-Pesa fornece serviços de reserva e entrega de bilhetes juntamente com suas ofertas de dinheiro móvel.

Quais são os benefícios dos Super Apps?

A ascensão dos superaplicativos revolucionou a forma como vivemos nossas vidas diárias. Os superaplicativos, também conhecidos como aplicativos multifuncionais, ganharam enorme popularidade, especialmente no mercado asiático. Esses aplicativos oferecem diversos serviços, que vão além de sua função principal, o que tem perturbado a dinâmica tradicional do mercado. Uma das principais características dos superaplicativos é a integração de serviços adicionais, como pagamentos online e serviços de entrega de comida, tornando-os incrivelmente convenientes para os usuários.

Os super apps conseguiram conquistar um grande público e se firmarem como ferramentas indispensáveis ​​no dia a dia das pessoas ao oferecerem diversos serviços em uma única plataforma. Em vez de alternar entre vários aplicativos para necessidades diferentes, os usuários agora podem acessar vários serviços de terceiros por meio de um único aplicativo. Seja pedindo comida, fazendo pagamentos ou reservando uma viagem, os superaplicativos proporcionam uma experiência perfeita que economiza tempo e esforço.

O sucesso dos superaplicativos reside na sua capacidade de se adaptarem às diferenças regionais e atenderem às necessidades específicas dos diferentes mercados. No mercado asiático, por exemplo, os superapps tornaram-se profundamente enraizados na vida diária de milhões de usuários. Eles diversificaram suas ofertas para incluir serviços como compras de supermercado, reserva de passagens e até assistência médica. Essa diversificação tornou os superaplicativos mais relevantes e criou novas oportunidades para as empresas alcançarem os clientes de maneiras únicas.

Um dos principais fatores que impulsionam a popularidade dos superaplicativos é a conveniência que eles oferecem no tratamento de pagamentos online. Com sistemas de pagamento integrados, os usuários podem realizar transações facilmente dentro do aplicativo, eliminando a necessidade de mudar para diferentes plataformas de pagamento. Isto tornou as transações online mais seguras e acelerou a adoção de pagamentos digitais em regiões onde o dinheiro já foi dominante.

Ler:  Como transformar WordPress em um site de entretenimento com WP Film Studio

Além disso, os superaplicativos têm desempenhado um papel significativo no crescimento dos serviços de entrega de alimentos. Ao fazer parcerias com restaurantes locais e fornecedores de entrega, esses aplicativos tornaram incrivelmente conveniente para os usuários pedir comida em seus restaurantes favoritos com apenas alguns toques em seus smartphones. Isto impulsionou a indústria de entrega de alimentos e permitiu que as pequenas empresas alcançassem um público mais amplo e aumentassem suas vendas.

A ascensão dos superaplicativos transformou a forma como acessamos uma variedade de serviços, tornando nossas vidas mais convenientes e simplificadas. Seja fazendo pagamentos online, pedindo comida ou acessando uma infinidade de outros serviços, os superaplicativos revolucionaram a dinâmica do mercado. Com as suas diversas ofertas e adaptabilidade às diferenças regionais, estas aplicações tornaram-se parte integrante das nossas rotinas diárias, remodelando a forma como nos envolvemos com a tecnologia e melhorando a nossa experiência digital geral.

Aqui estão alguns dos benefícios dos superaplicativos:

  1. Maior crescimento da receita: Os super apps, por sua ampla funcionalidade, costumam atrair mais usuários, afetando diretamente o faturamento da empresa.
  2. Maior envolvimento do cliente: Os superaplicativos combinam muitos recursos e os usuários não precisam baixar muitos aplicativos para realizar tarefas diárias. Isso pode levar a um maior envolvimento do cliente.
  3. Maior fidelidade e aderência do cliente: os superaplicativos podem melhorar a fidelidade e a adesão do cliente, oferecendo uma variedade de serviços em uma única plataforma.
  4. Economias de escala: os superaplicativos podem ajudar a obter economias de escala e aproveitar o efeito de rede de uma base de usuários mais extensa e de múltiplas equipes de miniaplicativos.
  5. Experiência do usuário aprimorada: os superaplicativos podem melhorar a experiência do usuário, permitindo que eles ativem suas caixas de ferramentas de miniaplicativos e serviços.
  6. Inclusividade: Tornar um aplicativo acessível a todos para oferecer oportunidades iguais é essencial para os superaplicativos modernos. Como os usuários variam em idade, sexo, conhecimento técnico e habilidade, um superaplicativo deve ser acessível a todos, facilitando sua percepção, compreensão, navegação e interação.
  7. Dados privados: A concentração de serviços financeiros em um aplicativo pode ser um sonho para hackers. Após o download, um sistema aberto pode conceder acesso a dados confidenciais de clientes e ativos valiosos, como dinheiro. As empresas devem garantir que seus superaplicativos estejam protegidos contra fraudes e ameaças, como ataques man-in-the-middle, ao mesmo tempo em que mantêm uma experiência do cliente tranquila e sem atritos.
  8. Responsabilidade social: A responsabilidade social tornou-se essencial para os negócios. O número crescente de usuários de aplicativos móveis fez com que a sociedade entendesse que essas empresas de superaplicativos podem influenciar o modo de vida dos usuários e sua atitude em relação às questões globais.

Artigos relacionados)

  • O guia definitivo para marketing de aplicativos móveis: estratégias e dicas
  • 5 maneiras de usar a narrativa visual em seu marketing
  • Como usar o Facebook para atendimento ao cliente

Novas publicações:

Recomendação