Como construir a campanha de marketing de moda perfeita

A indústria da moda é implacável. É um mundo que come cachorro lá fora, com tendências indo e vindo rapidamente de uma estação para outra. Como especialista em marketing de moda, você precisa estar bem preparado e à frente do jogo em termos de marca e marketing se quiser ter alguma chance de sobrevivência. Isso vale para marcas já estabelecidas, bem como para qualquer start-up emergente. Só porque você construiu um nome para sua marca de moda, não significa que o trabalho árduo acabou. Na verdade, cada campanha que você lançar daqui para frente será observada e examinada ainda mais de perto, de modo que você nunca poderá tirar os olhos do prêmio se quiser ter e permanecer bem-sucedido.

É uma indústria estimulante e que apresenta muitos desafios devido ao seu alto nível de competitividade. Uma das melhores maneiras de competir nesta indústria em ritmo acelerado é com uma ótima campanha de marketing de moda.

Ao longo deste guia, abordaremos alguns dos principais blocos de construção que constituem uma campanha de marketing de moda bem-sucedida e de alto desempenho.

9 maneiras de construir a campanha de marketing de moda perfeita

1) Site

Em primeiro lugar, você precisa de um site muito bom! O comércio eletrônico na indústria da moda é enorme. Na verdade, com um valor de mercado global de US$ 759,5 bilhões em 2021, roupas, acessórios e calçados são o setor de comércio eletrônico número um do mundo. E espera-se que esse número cresça para +US$ 1,0 trilhão até 2025!

Embora as vendas nas lojas físicas de moda já estivessem a diminuir antes de 2020, a pandemia da COVID-19 acelerou ainda mais esta situação devido aos confinamentos que forçaram as lojas a permanecerem fechadas durante muitos meses. Os varejistas de moda on-line, como Zalando e Boohoo, dispararam durante esse período, com Boohoo reivindicando um Aumento de 45% na receita de todas as suas marcas de moda durante o segundo trimestre de 2020.

A abertura de uma loja física é uma opção, porém, optar por ter ou não um site para sua marca de moda não deveria ser. Levar os consumidores de volta ao seu site será o objetivo de todos os seus esforços de marketing digital. Portanto, ter um ótimo site que tenha uma aparência incrível, seja fácil de navegar, atualizado, com boa marca e funcional é o principal ponto de partida para suas campanhas de marketing de moda.

2) Ótimos recursos visuais e branding

Ter ótimos recursos visuais é necessário para a maioria das empresas quando se trata de vender seus produtos e serviços online. No entanto, para roupas, é especialmente importante se você deseja que seus clientes tenham uma boa ideia de como ficariam em seu produto. Pagar por um estúdio, modelos, cabelo, maquiagem e um fotógrafo profissional pode parecer um exagero para uma nova marca com um orçamento limitado, mas se o resultado for um aumento nas vendas e menos retornos, então a despesa certamente será compensada.

Ler:  Como calcular o verdadeiro custo do tempo de inatividade do comércio eletrônico e reduzir seu impacto

Também é benéfico ter uma ideia clara da imagem da sua marca em termos de cores, iluminação, tons, modelos, cenários utilizados para fotografia, etc. Manter tudo consistente e dentro da marca desde o início fará com que você pareça mais estabelecido e profissional. Além disso, melhorará a estética do seu site e também das páginas de mídia social.

3) Presença móvel

Com 3,5 bilhões de usuários de smartphones em todo o mundo e o tempo médio gasto diariamente em nossos dispositivos móveis subindo para 3 horas e 43 minutos por dia, ter um aplicativo ou pelo menos um site móvel bem otimizado é uma parte obrigatória de suas campanhas de marketing de moda. Um site otimizado para celular redimensiona o conteúdo de acordo com a tela na qual ele está sendo visualizado. Sem essa funcionalidade, é provável que qualquer cliente em potencial que acesse seu site enquanto navega em seu dispositivo móvel desanime imediatamente e procure um concorrente.

Os consumidores passam grande parte do dia em seus dispositivos móveis e, muitas vezes, isso faz parte do tempo de inatividade. Em outras palavras, é o momento perfeito para seduzi-los a fazer uma venda. Já se foram os dias em que era necessário carregar o computador para navegar na Internet no desktop. A navegação móvel agora compensa 56% da quota de mercado da utilização da Internet. É a plataforma ideal para ter uma linha direta de comunicação com os seus clientes, seja através notificações via pushmarketing por SMS ou marketing por e-mail.

Seus esforços de marketing direcionarão clientes em potencial para seu site ou aplicativo móvel, então você deseja ter certeza de que eles estão bem otimizados, funcionais e proporcionam uma ótima experiência ao usuário se você deseja que sua visita resulte em uma venda.

4) Redes sociais

Como marca de moda, ter uma forte presença nas redes sociais é fundamental. A inscrição nessas plataformas é totalmente gratuita e permitem que você construa seguidores, conecte-se com seu público e aprimore seu relacionamento com eles.

Os canais sociais mais populares para marcas de moda no momento são Instagram, Facebook, TikTok, Snapchat e Pinterest. Embora todos tenham seus próprios elementos únicos e prós e contras, todos eles estão fortemente focados em imagens e conteúdo de vídeo. Esta é a sua oportunidade de fazer fluir sua criatividade e criar conteúdo que mostre seus produtos da melhor maneira possível. Algumas dessas plataformas ainda permitem que você integrar sua loja para que seus clientes possam navegar e comprar itens diretamente de seus canais de mídia social.

Ler:  O segredo de uma estratégia de marketing de sucesso

Brindes e competições também funcionam incrivelmente bem nas redes sociais. Com um prêmio decente em disputa, você pode obter milhares de curtidas e compartilhamentos e aumentar o reconhecimento da sua marca antes mesmo de gastar um centavo em anúncios.

Usando a mídia social, você pode ajudar a comunicar o lado humano de sua marca por meio de perguntas e respostas ao vivo com os fundadores e filmagens de bastidores de designs de produtos, sessões de fotos, passarelas, etc. é isso que o ajudará a se destacar de seus concorrentes e a construir a confiança e a lealdade de seu público. Também ajuda estar constantemente envolvido com seu público por meio da mídia social. Responda aos comentários e responda rapidamente a quaisquer perguntas, pois isso ajudará a construir o senso de comunidade da sua marca.

5) Influenciadores

Seguindo as mídias sociais, se você deseja obter o maior sucesso em suas campanhas nas redes sociais, sempre vale a pena contar com a participação de alguns influenciadores. Se você não está familiarizado com o termo “influenciador”, antes de mais nada, onde você esteve?! Mas, para responder à sua pergunta, os influenciadores são pessoas do seu setor que têm muitos seguidores nas redes sociais e são genuinamente bons em influenciar seus seguidores, daí o termo. Quando eles falam, outros ouvem. O que eles fazem, outros copiam. Portanto, fazer com que eles falem e usem sua marca é uma ótima maneira de despertar o interesse de seu público-alvo, aumentar o número de seguidores e, por fim, vender suas roupas.

É importante escolher os influenciadores certos para sua marca, portanto, faça sua lição de casa e certifique-se de que os dados demográficos dos seguidores correspondam ao seu público-alvo. Escolha aqueles que são exigentes sobre quais marcas eles escolheram defender, pois eles parecerão muito mais genuínos do que aqueles que estão nisso simplesmente pelo dinheiro e têm ‘AD’ estampado em todas as postagens de suas contas.

Como o marketing de influência pode aumentar os downloads de seus aplicativos

6) E-mail marketing

Uma parte fundamental de sua campanha de marketing de moda precisa ser seus e-mails. E quando digo e-mails, não me refiro apenas aos e-mails promocionais ocasionais que são enviados para todo o seu banco de dados. Seu marketing por email deve ter uma estratégia própria e requer muita reflexão e planejamento se você quiser acertar.

Utilize ferramentas de automação de e-mail, como Mailchimp ou Hubspot, para automatizar quando e para quem seus e-mails são enviados. A personalização é fundamental aqui. Qualquer e-mail recebido por contatos existentes em seu banco de dados deve ser adaptado com base no estágio da jornada do cliente, bem como atender aos seus gostos e desgostos. Segmente seu público com base no comportamento deles em seu site ou aplicativo móvel e envie-lhes conteúdo com base nisso. Por exemplo, se você armazena itens para homens, mulheres e crianças, e percebe um contato navegando nas páginas das crianças com frequência, então é altamente provável que eles sejam pais ou responsáveis, então crie conteúdo de e-mail específico para isso, na tentativa de capturar sua atenção.

Ler:  Como configurar e usar Hot Corners no Mac e iPad?

Aqui está um mais alguns exemplos de campanhas específicas de marketing por e-mail que você precisa configurar para sua marca de moda:

  • E-mails de boas-vindas
  • E-mails de conteúdo, ou seja, a história do fundador, os bastidores, um artigo de um blogueiro de moda, etc.
  • E-mails promocionais
  • Recomendações personalizadas de produtos
  • E-mails de carrinho abandonado
  • E-mails de volta ao estoque
  • E-mails pós-compra (oportunidade de venda cruzada, obter referências, avaliações de clientes, etc.)
  • E-mails de reengajamento
  • E-mails de feriados/eventos especiais

7) Blogs

Ter um blog de moda consistente e de alta qualidade junto com o seu site pode ser ótimo para ajudar a construir o SEO do seu site e aumentar o tráfego orgânico que você recebe. Ter um blog ajuda a estabelecer você como um líder inovador em seu setor e, com sorte, levará os consumidores que pesquisam frases no Google, como “tendências de verão 2021”, ao seu site (desde que você tenha otimizado bem para a palavra-chave escolhida).

Um ótimo blog é outra forma de construir fidelidade à marca e conectar-se com seu público. Você deseja que seu site funcione como um balcão único para o seu setor. Fornecer uma oportunidade para seus clientes comprarem as últimas tendências é útil, mas você pode dar uma vantagem à sua marca fornecendo conteúdo adicional útil e informativo quando se trata de estilizar seus produtos.

Inspire-se nestes três ótimos exemplos:

8) Anúncios digitais

Anúncios digitais são uma parte crucial de qualquer campanha de marketing de moda. Através do uso de anúncios do Google e de canais de mídia social como Instagram, Facebook e Twitter, você pode atingir efetivamente o público desejado por meio de palavras-chave e definindo determinados critérios com base em dados demográficos e comportamentais. Isso garante que seus consumidores vejam apenas os produtos mais relevantes para eles.

No Facebook e no Instagram, esses tipos de anúncios funcionam de forma bastante eficaz para marcas de moda:

Ler:  6 maneiras de criar uma estratégia matadora de conteúdo de marketing na Internet

Anúncios carrossel permitem que você exiba até 10 imagens ou vídeos que fazem parte de um anúncio. Cada imagem está vinculada ao produto destacado, permitindo que as marcas exibam diversos itens na tentativa de chamar a atenção de seu público-alvo. Você pode considerá-los como mini guias de estilo.

A anúncio de coleção inclui uma imagem de capa ou vídeo seguida de 4 imagens de produto. Uma vez clicado, o usuário obtém uma experiência instantânea que é uma página de destino em tela inteira projetada para gerar engajamento e estimular o interesse e a intenção além do anúncio patrocinado normal.

Outro recurso poderoso da publicidade digital que precisa ser utilizado é remarketing. O remarketing permite que você capture os visitantes que visitaram seu site recentemente, mas talvez tenham saído novamente sem fazer uma compra. A beleza do remarketing é que você sabe que esse público já demonstrou interesse pela sua marca, portanto, suas taxas de conversão para esses anúncios devem ser maiores do que as de um anúncio normal. Use anúncios de remarketing carrossel para lembrar os consumidores dos produtos que eles visualizaram enquanto estavam em seu site, ou mesmo dos produtos que eles adicionaram ao carrinho antes de decidirem abandoná-lo. Fornecer a eles um código de desconto ou entrega gratuita pode ser tudo de que precisam para aquele empurrãozinho extra para retornar e concluir o processo de finalização da compra.

9) Avaliações de clientes

Se um consumidor acabou de conhecer sua marca pela primeira vez, ele pode hesitar em comprar, a menos que encontre avaliações reais de outros clientes. Dê ao seu público a confiança necessária, tendo os comentários dos clientes facilmente acessíveis em seu site.

Os royalties do comércio eletrônico de moda ASOS incluem avaliações com base em cada item individual na própria página do produto. Esse tipo de informação, baseada na qualidade e no tamanho, é muito útil para os clientes e também ajudará a evitar um grande volume de devoluções para o seu negócio.

Inclua algum conteúdo solicitando uma revisão em suas mensagens de marketing pós-venda, seja na forma de e-mail ou notificação push. Talvez até ofereça um desconto na próxima compra também. Se você não perguntar, geralmente não entende. Uma ótima crítica também resulta em algum conteúdo de mídia social pronto!

Conclusão

As opções de como você pode se destacar e ser criativo ao lançar uma nova campanha de marketing de moda são infinitas. Ao implementar os 9 elementos que abordamos ao longo deste blog, você estará no caminho certo para captar a atenção do seu público-alvo, melhorar o seu ROI e deixar a sua marca no mundo da moda.

Novas publicações:

Recomendação