Desvantagens dos negócios de comércio eletrônico que você deve conhecer (e como vencê-los)

Sejamos honestos: abrir e administrar uma loja de comércio eletrônico não é fácil. Você tem que competir com marcas maiores e mais estabelecidas. E você está enfrentando uma competição acirrada.

Mas não deixe que isso o desencoraje.

Há muitas vantagens em administrar uma loja de comércio eletrônico e, com o conhecimento e as ferramentas certas, você pode superar a maioria das desvantagens.

Portanto, se você está pensando em abrir uma loja online, ou se já abriu uma, mas está com dificuldades, continue lendo.

Aqui está o que iremos cobrir:

Em primeiro lugar, o que exatamente é comércio eletrônico?

Comércio eletrônico, ou comércio eletrônico, é a compra e venda de bens e serviços pela Internet. O comércio eletrônico inclui business-to-business (B2B), business-to-consumer (B2C), consumidor-para-consumidor (C2C) e consumidor-empresa (C2B).

É uma grande indústria e está cada vez maior. Projeções mostram que as vendas globais de comércio eletrônico atingirão cerca de US$ 8,1 trilhões até 2026.

As vendas globais são apenas um dos benefícios de possuir uma loja de comércio eletrônico. O comércio eletrônico tem muitas vantagens que ajudam a impulsionar o rápido crescimento, como:

  • Maior alcance: as lojas online podem atingir um público muito maior do que as lojas físicas tradicionais porque as pessoas podem comprar em praticamente qualquer lugar para onde você queira enviar. Você também tem acesso a um enorme conjunto de clientes em potencial – o audiência on-line é estimado em cinco bilhões de pessoas.
  • Custos mais baixos: os custos para administrar um negócio de comércio eletrônico são geralmente muito mais baixos do que os de lojas tradicionais porque você não precisa manter várias vitrines.

Venda seus produtos online, sem preocupações

Oficialmente recomendada pela WooCommerce, nossa hospedagem é feita para negócios online como o seu

  • Conveniência: muitos clientes acham que fazer compras on-line é muito mais conveniente do que ir a uma loja, pois podem fazer compras no conforto de suas casas, sem a necessidade de viajar ou lidar com multidões. Os clientes também podem comparar preços entre lojas e encontrar as melhores ofertas.
  • Personalização: as empresas de comércio eletrônico podem usar dados para personalizar a experiência de compra de seus clientes, aumentando a probabilidade de eles realizarem uma compra. Por exemplo, uma loja de comércio eletrônico pode usar compras anteriores para oferecer recomendações personalizadas de produtos na página inicial na próxima vez que o cliente visitar.
  • Maior eficiência: as empresas de comércio eletrônico podem automatizar muitos de seus processos, como atendimento de pedidos e atendimento ao cliente, tornando-os mais eficientes do que as lojas tradicionais.
  • Disponibilidade 24 horas por dia, 7 dias por semana: os negócios on-line estão disponíveis 24 horas por dia, 7 dias por semana, o que significa que os clientes podem fazer compras a qualquer hora que for conveniente para eles.
Ler:  SliceWP: o plug-in de afiliados WordPress completo...

Mas estas vantagens que alimentam o crescimento do comércio eletrónico são apenas um lado da história. Vejamos as desvantagens do comércio eletrônico e como combatê-las.

Desvantagens de abrir um negócio de comércio eletrônico

Como qualquer modelo de negócio, o comércio eletrônico tem desvantagens. Mas se você souber o que esperar e como lidar com isso, poderá superar esses desafios.

Aqui estão alguns dos principais desafios e desvantagens do comércio eletrônico.

Privacidade e segurança

Privacidade e segurança são as principais preocupações da maioria dos clientes quando fazem compras online. À medida que as notícias do aumento do crime cibernético continuam a destacar violações de dados, roubo de identidade e hacks, os consumidores estão cautelosos em relação a quem confiam as suas informações pessoais e financeiras.

E os clientes não são os únicos em risco. Espera-se que o custo médio para uma empresa por uma violação de dados em 2024 suba para US$ 5 milhões por violação, de acordo com Acronis.

A boa notícia é que existem etapas que você pode seguir para mitigar esses riscos e proteger melhor o seu site:

  • Conformidade com PCI: certifique-se de que seu site de comércio eletrônico seja compatível com PCI. Este conjunto de padrões abrange como os dados são tratados e protegidos. Parte da conformidade com o PCI exigirá que você atenda a determinados padrões de host e processamento de pagamentos.
  • Escolha um host forte: Invista em um serviço de hospedagem web confiável, como o Hostinger, que fornece firewalls fortes e tecnologia de criptografia para proteger os dados do cliente. Você pode ajudar a proteger os dados dos clientes usando uma rede de distribuição de conteúdo (CDN) confiável, como o Hostinger Edge CDN desenvolvido pela Cloudflare, para melhorar as velocidades de carregamento e manter as informações dos clientes seguras.
  • Pagamentos seguros com cartão de crédito: Use um processador de pagamento seguro (como PayPal ou Stripe) para melhorar a segurança das transações. Usar um processador de pagamentos de alta qualidade que se mantenha atualizado sobre as medidas de segurança mais recentes e atenda à conformidade com o PCI ajudará a garantir a segurança da sua empresa de comércio eletrônico.
Ler:  Como sua equipe pode melhorar a colaboração nas mídias sociais
  • Mantenha-se atualizado: acompanhe as últimas tendências e tecnologias em segurança digital fazendo cursos ou ficando por dentro das novidades do comércio eletrônico.
  • Treinamento de equipe: Garanta que sua equipe seja treinada em bons hábitos e processos de segurança.
  • Diga aos seus clientes: depois de implementar uma boa segurança, inclua declarações em seu site informando aos clientes o que você está fazendo para protegê-los. A transparência ajuda a construir a confiança do cliente.

Ao seguir essas etapas simples, você proporciona tranquilidade aos clientes ao comprar em seu site e garante que seus dados estejam seguros e protegidos.

Problemas de entrega

Uma das principais desvantagens do comércio eletrônico é que pode ser difícil levar os produtos à porta dos clientes. Muitas vezes, isso se deve à falta de infraestrutura e pode levar a atrasos nas entregas e, em casos extremos, ao cancelamento de pedidos.

Danos aos produtos durante o transporte e produtos que não chegam também são questões que você precisa considerar.

Esses problemas podem ser muito frustrantes para os clientes e fazer com que percam a fé em sua marca. Como proprietário de uma empresa de comércio eletrônico, é importante fazer tudo o que puder para evitar esses problemas.

Experimente estas etapas para ajudar a resolver seus problemas de entrega:

  • Certifique-se de ter um parceiro logístico confiável.
  • Planeje suas rotas de envio com cuidado para evitar congestionamentos e atrasos.
  • Use embalagens resistentes que protejam seus produtos durante o transporte.
  • Forneça aos clientes opções de remessa rápidas e confiáveis ​​que se ajustem ao seu orçamento e cronograma.
  • Ofereça frete grátis quando possível.
  • Certifique-se de que os clientes sejam informados sobre seu status de entrega com frequência.
Ler:  Quais são as 7 ferramentas necessárias para otimizar imagens para meu site WordPress?

Sem produtos de toque e sensação

Uma das desvantagens das lojas de comércio eletrônico é que os clientes não podem tocar e sentir os produtos antes de comprá-los. Isso pode ser desagradável para algumas pessoas que ainda preferem lojas físicas.

Mas ainda existem muitas maneiras de superar a relutância do cliente devido à falta de contato com os produtos:

  • Forneça descrições detalhadas de vendas e imagens de alta qualidade dos produtos em seu site.
  • Adicione vídeos de produtos sempre que possível. Vídeos de demonstração podem ser especialmente poderosos.
  • Adicione uma seção de avaliação do cliente para fornecer prova social e dar aos clientes uma ideia do que seus colegas pensam sobre o produto ou serviço.
  • Adicione uma seção ou página de perguntas frequentes.
  • Simplifique seu processo de devolução para garantir que, se os clientes não gostarem de sua compra, eles poderão devolvê-la facilmente.

Ao implementar essas dicas, você pode preencher as lacunas de informação e deixar seus clientes à vontade para que tenham maior probabilidade de fazer uma compra.

Muita competição

O setor de comércio eletrônico é um dos mais competitivos que existe, o que pode dificultar o destaque na multidão e a atração de clientes. Mas não desanime – há muitas maneiras de combater esse problema.

  • Concentre-se em diferenciar sua marca, oferecendo produtos ou serviços exclusivos ou um melhor atendimento ao cliente do que seus concorrentes.
  • Ofereça ofertas e descontos exclusivos ou use anúncios direcionados e campanhas de marketing por e-mail para alcançar seus clientes ideais.
  • Crie conteúdo, como postagens de blog e vídeos, para ajudar a construir um público engajado que confia e apoia sua marca.
  • Crie uma experiência positiva para o cliente que incentive a fidelidade e o envolvimento com sua marca.
  • Invista em um CRM sofisticado para ajudá-lo a acompanhar as informações dos clientes, construir relacionamentos e oferecer experiências personalizadas em todos os canais.
  • Acompanhe as tendências do setor para estar ciente do que está acontecendo no espaço de comércio eletrônico.

Saber o que seus concorrentes estão fazendo permitirá que você fique à frente da curva e potencialmente ganhe vantagem sobre eles em termos de fidelidade do cliente.

Ler:  5 pontos de contato do cliente ao vivo que você precisa em cada projeto de site WordPress

Barreiras de atendimento ao cliente

Uma desvantagem comum para lojas de comércio eletrônico é a dificuldade em fornecer atendimento ao cliente de alta qualidade. Embora muitos compradores online prefiram a falta de interação humana durante a experiência de compra, ainda há momentos em que precisam de ajuda.

Quando seus clientes precisam de assistência, eles precisam poder acessá-la rapidamente e recebê-la da maneira que melhor lhes convier.

Para resolver esse problema, você deve manter o cliente sempre em mente:

  • Fácil de usar: certifique-se de que seu site seja o mais fácil de usar e direto possível. Isso fornece aos clientes as informações de que precisam para fazer uma compra sem precisar ligar ou enviar e-mail para obter ajuda (na maioria dos casos).
  • Múltiplas opções: oferece várias opções de acesso ao atendimento ao cliente, como chat ao vivo, telefone, e-mail e texto. Ter várias opções de atendimento ao cliente ajuda tanto na acessibilidade quanto em fazer com que seus clientes sintam que têm mais controle sobre o processo de compra.
  • Fácil de encontrar: certifique-se de que as opções de ajuda do atendimento ao cliente sejam fáceis de encontrar e acessar.
  • Responda rápido: Forneça respostas às perguntas dos clientes em tempo hábil e apropriado para cada canal. O chat ao vivo é um canal em tempo real onde um atraso de um minuto pode custar a venda, mas geralmente espera-se que os e-mails tenham um atraso de 24 horas.
  • Treinamento de equipe: treine sua equipe de atendimento ao cliente nos produtos e serviços de sua empresa e forneça a documentação necessária para responder à maioria das perguntas dos clientes e fornecer um serviço de alta qualidade.

Considerações finais: desvantagens do comércio eletrônico e como você pode vencê-las

Não há dúvida de que o comércio eletrônico revolucionou a forma como as empresas operam, mas não é isento de desvantagens. Ao compreender as vantagens e desvantagens do comércio eletrônico, você pode se colocar em uma posição melhor para ter sucesso neste setor em rápido crescimento.

Assim como a localização é vital para lojas físicas, seu host é vital para o comércio eletrônico. Experimente a poderosa hospedagem WooCommerce gerenciada do Hostinger para sua loja de comércio eletrônico.

Novas publicações:

Recomendação