O Google não penalizará o conteúdo de IA se você fizer isso

A tecnologia de IA tornou a criação de conteúdo mais fácil. Para alguns é uma bênção, para outros é uma maldição. Muitos criadores de conteúdo e profissionais de marketing permanecem cautelosos e céticos em relação à IA, enquanto outros a adotam totalmente e entregam conteúdo como nunca antes. Como acontece com qualquer vantagem, existem riscos possíveis. A pergunta que está na boca de todos neste momento é: O Google penaliza conteúdo escrito por IA?

  • A resposta curta: Não, se você estiver criando conteúdo valioso e acrescentando suas experiências pessoais.
  • A resposta longa: você lerá nesta postagem do blog 😉

Para saber como jogar e vencer o jogo de criação de conteúdo de IA, é essencial entender como utilizá-lo dentro dos limites das diretrizes dos mecanismos de pesquisa. Vamos dar uma olhada.

O Google penaliza o conteúdo de IA?

Se você usa IA para criar conteúdo, pode ficar tranquilo. Não, o gigante dos mecanismos de busca Google não penaliza especificamente o conteúdo gerado por IA. No entanto…

Ler:  Quais são algumas estratégias de geração de leads B2B específicas para o mercado nigeriano?

Algoritmos do Google projetado para avaliar a qualidade e relevância do conteúdo. É importante garantir que seu conteúdo gerado por IA seja bem escrito, informativo e fornece valor aos leitores. Evite conteúdo com ‘spam’ para evitar possíveis penalidades do Google.

📚 Dica de leitura: Melhores práticas de SEO para 2024

O que exatamente diferencia o conteúdo com spam do conteúdo informativo? Vamos primeiro dar uma olhada nas políticas de spam do Google.

O que não fazer ❌ Conteúdo com ‘spam’

O conteúdo ‘spam’ (que será rebaixado pelo Google) pode ser definido como:

Se você deseja criar conteúdo valioso, é isso que você faz.

Mas o que você faz? Veremos agora como criar conteúdo que o Google considerará valioso e informativo.

O que fazer ✅ Como escrever conteúdo que não seja penalizado pelo Google?

Lembra desse cara? Assim como o Clippy nem sempre produz as melhores recomendações, a IA pode ocasionalmente produzir conteúdo impreciso. Embora as ferramentas de escrita de IA possam aprimorar seu conteúdo, artigos totalmente gerados por IA não são a bala de prata para direcionar o tráfego.

Até agora, sabemos que o Google não irá penalizá-lo se você usar IA para ajudá-lo a escrever conteúdo, desde que o torne valioso e informativo. Mas o que torna o conteúdo valioso, preciso e confiável?

O Google cuida das diretrizes internas para determinar se um conteúdo é de alta qualidade: Diretrizes EAT (Experiência, Conhecimento, Autoridade e Confiabilidade). Aqui estão alguns fatores-chave a serem considerados.

Ler:  Como criar uma estratégia de conteúdo de comércio eletrônico para aumentar o tráfego e as vendas

1. Escreva para pessoas, não para mecanismos de pesquisa

  • Mude seu foco da criação de conteúdo que prioriza o mecanismo de pesquisa para conteúdo que prioriza as pessoas.
  • Certifique-se de compreender as necessidades, preferências e pontos fracos do seu público e use esse conhecimento para aumentar o conteúdo escrito por IA.

2. Demonstre conhecimento e experiência

  • Inclua seu próprio conhecimento e experiência no artigo.
  • Certifique-se de que seu conteúdo seja bem pesquisado, informativo e factual.
  • Faça uma breve introdução aos autores e explique por que eles possuem conhecimento na área. Qual é o seu conhecimento ou experiência com o assunto?
  • Certifique-se de que as credenciais, qualificações e experiência dos criadores de conteúdo sejam destacadas. Você pode fazer isso em páginas dedicadas ao autor.

4. Mostre autoridade

  • Inclua dados ou estatísticas para apoiar suas afirmações.
  • Crie links para sites confiáveis ​​e cite fontes confiáveis.

5. Construa confiabilidade

  • Seja transparente sobre quaisquer possíveis preconceitos ou conflitos de interesse.
  • Evite publicidade excessiva ou linguagem promocional.
  • Atualize o conteúdo regularmente com novos insights.

E é assim, senhoras e senhores, que vocês escrevem conteúdo que o Google adora. ❤️

Exemplo de uso de IA para criação de conteúdo e como o Google a classifica

Vamos examinar um artigo de blog da vida real que usa IA para avaliar a eficácia da IA ​​na criação de conteúdo e seu impacto na classificação do Google.

Ler:  Como usar o Gerenciador de tags do Google para seu negócio de comércio eletrônico

Neste artigo “A IA pode escrever esta postagem no blog para nós? Batalha das 3 principais ferramentas de escrita de IA”, comparamos três softwares de blog de IA diferentes (Sprout Social, Jasper, Copy.ai). Para criar este artigo, utilizamos nosso próprio assistente de redação com tecnologia de IA.

Aqui estão as tarefas para as quais empregamos IA neste artigo específico:

  • Gerando tópicos de blog
  • Criação de títulos de blog
  • Produzindo um resumo editorial
  • Desenvolvendo um esboço de blog
  • Escrevendo parágrafos de blog
  • Compilando uma lista de prós e contras
  • Conduzindo verificação ortográfica e parafraseando

Atualmente, o Google classifica este artigo na posição 6. Mensagem principal: os artigos escritos por IA podem ser classificados se você considerar o seguinte:

O que a IA absolutamente é escrever sozinho. Ele precisa de suas novas ideias e conhecimento proprietário para alimentá-lo com ótimas sugestões. Ele também precisa de uma edição cuidadosa para verificação de fatos e voz da marca. – (Fonte: Blog Sprout Social)

Conclusão

Para colher os benefícios da criação de conteúdo de IA, use-o com sabedoria. A IA pode ser sua parceira confiável na criação de conteúdo, mas a classificação no Google ainda requer a contribuição humana para novas ideias e edição. Juntos, vocês criarão conteúdo que é pura magia! 🪄📝

Novas publicações:

Recomendação