Protegendo sua pegada digital: dicas importantes para segurança de WiFi público

Se você trabalha remotamente, viaja com frequência ou apenas gosta de ficar conectado onde quer que esteja, é provável que tenha usado um ponto de acesso Wi-Fi público. Usar essas redes Wi-Fi gratuitas é incrivelmente conveniente e igualmente arriscado para o seu Impressão digital.

Esses pontos de acesso são praticamente onipresentes: encontrados em aeroportos, restaurantes, cafeterias, bibliotecas, transporte público, quartos de hotel e muito mais.

Aqueles que acreditam que a segurança do WiFi público não lhes diz respeito ou que não transmitem nada de importante estão profundamente enganados. Isso pode até levar a ataques e infecções de dispositivos.

Ajudaremos a fornecer segurança WiFi em uma rede de qualquer origem.

Tenha cuidado ao usar o Wi-Fi gratuito no seu telefone ou em outros dispositivos digitais.

Dicas essenciais para segurança de WiFi público

Nos próximos anos, o Wi-Fi público incorporará proteções adicionais integradas com a introdução do protocolo de segurança Wi-Fi WPA3 de próxima geração. Apesar da introdução de novos tipos de segurança WiFi, os riscos associados à intercepção de dados e aos ataques man-in-the-middle não desaparecerão.

Mesmo com o advento de novas tecnologias, é importante garantir que seu laptop ou telefone tenha os patches e atualizações de software mais recentes para evitar vulnerabilidades de segurança que são frequentemente exploradas por software desatualizado.

Ler:  Segurança básica do WordPress

Baixe ou instale arquivos por Wi-Fi público somente se for absolutamente necessário para proteger sua pegada digital.

#1 Ajuste as configurações do seu dispositivo

Para melhorar a segurança, configure manualmente as configurações sem fio dos seus dispositivos para evitar conexões automáticas a pontos de acesso públicos.

Desative o recurso “Conectar automaticamente” em seus dispositivos, pois isso pode impedir que eles se conectem automaticamente e procurem redes Wi-Fi conhecidas.

Ao implementar esta medida, você se protege contra possíveis ataques em que seu computador ou dispositivo transmite inadvertidamente tentativas de conexão à sua rede “Wi-Fi doméstica”, permitindo que invasores criem redes enganosas com nomes idênticos.

Para minimizar os riscos de segurança associados ao Wi-Fi público, uma abordagem eficaz é usar uma rede privada virtual (VPN). Você, assim como eu, deve entender que o O proprietário do WiFi vê meu histórico. e todas as atividades em sua rede.

Ao acessar uma rede Wi-Fi pública por meio de uma VPN, você estabelece uma rede privada ou túnel VPN que protege sua transmissão de dados. Adicionar uma camada extra de segurança à sua conexão e usar um provedor VPN confiável é crucial, mesmo que exija pagamento para acessar os recursos de segurança mais avançados.

#3 Use conexão HTTPS

Google Chrome introduziu um recurso que alerta quando um site que você visita usa uma conexão HTTP não criptografada, conhecida como “Não segura”. Leve este aviso a sério, especialmente ao usar redes Wi-Fi públicas.

Ler:  Reduza os custos ocultos ao administrar seu negócio para maximizar os lucros

Quando você navega por HTTPS, aqueles que estão na mesma rede Wi-Fi não conseguem ouvir os dados trocados entre você e o servidor do site.

No entanto, quando o HTTP é usado, é relativamente fácil monitorar suas atividades.

#4 Habilite 2FA em qualquer conta

Os criminosos subutilizaram uma camada adicional de proteção obrigatória para aqueles que desejam segurança adicional para seus laptops, celulares e tablets: Autenticação de dois fatores. Mesmo que um criminoso tenha uma chave de segurança WiFi, ele não conseguirá hackear sua conta.

Para manter seus dados seguros, habilite múltiplas camadas de proteção em seu e-mail, redes sociais e contas bancárias. Cabe a você confiar no sistema de segurança WiFi ou usar proteção adicional para garantir que ninguém possa atacá-lo.

Ao utilizar uma rede pública, é importante desabilitar recursos que facilitam o compartilhamento de arquivos com estranhos. Em um PC, navegue até Central de Rede e Compartilhamento e prossiga para Alterar configurações avançadas de compartilhamento e desativar o compartilhamento de arquivos e impressoras.

No Mac, vá para Preferências do Sistema, selecione Compartilhamento e desmarque todas as opções. No Finder, clique em AirDrop e escolha Não permitir que ninguém me descubra. Para dispositivos iOS, localize o AirDrop no Control Center e desligue-o.

Dessa forma, você pode garantir que seus arquivos permaneçam seguros e evitar transferências indesejadas.

Ler:  Como utilizo os dados do cliente para aumentar o envolvimento do cliente?

#6 Não compartilhe informações pessoais

Certifique-se de saber como proteger todas as suas impressões digitais.

Se alguém solicitar muitas informações suas, como endereço de e-mail ou número de telefone, tome cuidado antes de se inscrever para acesso Wi-Fi público.

Se você precisar se conectar a essas redes, permaneça em locais confiáveis ​​(conforme mencionado acima) e considere usar um endereço de e-mail alternativo em vez do principal.

Lojas e restaurantes adotam essa prática para identificá-lo em diversos pontos de acesso Wi-Fi e personalizar sua estratégia de marketing de acordo. Portanto, cabe a você determinar se o acesso gratuito à Internet vale a pena.

#7 Certifique-se de sair de suas contas

Assim que terminar de navegar, lembre-se de sair de todos os serviços que utilizou.

Além disso, certifique-se de que seu dispositivo esteja configurado para “esquecer a rede” nas configurações, evitando a reconexão automática sem sua permissão quando você estiver dentro do alcance.

Isso ajudará a reduzir o tempo que seu dispositivo permanece conectado a uma rede pública.

Os verificadores de impressões digitais são ferramentas online que permitem monitorar e avaliar os vestígios de suas atividades online. Eles ajudam você a entender quais informações estão disponíveis sobre você na Internet.

Ao usar um verificador de impressão digital, você pode identificar qualquer informação potencialmente prejudicial ou comprometedora e tomar as medidas necessárias para proteger sua privacidade.

Ter um verificador de impressões digitais pode ser benéfico tanto para indivíduos como para empresas, permitindo-lhes manter uma presença online positiva e proteger-se contra riscos potenciais.

Ler:  10 maneiras de levar seu site do padrão ao destaque

Melhor segurança WiFi: evite redes públicas. Considere baixar vídeos e músicas para acesso offline antes de sair de casa ou usar o recurso de hotspot do seu smartphone.

Se você optar por se conectar a uma rede Wi-Fi pública, seguir as etapas mencionadas acima aumentará muito suas chances de permanecer seguro.

Como você está protegendo suas pegadas digitais hoje? Eu adoraria ouvir mais na seção de comentários abaixo.

Novas publicações:

Recomendação