Definições básicas de TI gerenciada

Se você é um novo cliente de TI gerenciado ou está pensando em seguir o caminho da TI gerenciada, provavelmente já se deparou com algumas palavras e siglas desconhecidas. Não se preocupe. Você estará falando a linguagem dos serviços gerenciados rapidamente com este glossário de termos comuns.

Definições de backup de dados e recuperação de desastres

Continuidade de Negócios (BC): O planejamento e a preparação necessários para garantir que suas operações comerciais críticas possam continuar a funcionar no caso de um desastre natural, pandemia, queda de energia ou outra crise. Saber mais.

Backup e recuperação de desastres (BDR): Uma combinação de soluções de backup de dados e recuperação de desastres que funcionam juntas para garantir que sua empresa possa restaurar e funcionar seus sistemas o mais rápido possível. Backups de dados confiáveis ​​possibilitam uma recuperação eficaz de desastres.

Objetivo de tempo de recuperação (RTO): Uma medida da rapidez com que os dados devem ser recuperados para garantir a continuidade dos negócios após um desastre ou tempo de inatividade não planejado. Quanto mais curto for o RTO, mais rápido você poderá voltar ao trabalho. Os RTOs podem variar muito de empresa para empresa, mas é uma prática recomendada ter um RTO de 4 horas ou menos.

Ler:  A importância da governança de TI em uma estratégia de TI eficaz

Objetivo do ponto de recuperação (RPO): Indica quais dados devem ser recuperados para que as operações comerciais normais sejam retomadas após um tempo de inatividade não planejado. Geralmente é baseado na idade do arquivo (ou seja, todos os dados cujo backup foi feito antes da data X devem ser recuperados). Em conjunto com o RTO, ele pode ajudá-lo a determinar com que frequência você deve fazer backup dos seus dados. Por exemplo, se o seu RPO for de 1 hora, os backups deverão ser feitos pelo menos uma vez por hora.

Revisão Estratégica de Negócios (SBR)

Processo estruturado utilizado para identificar novas oportunidades de negócios e formas de melhorar o desempenho da empresa por meio da tecnologia. Ele serve como um roteiro para futuros investimentos e aplicações tecnológicas. Na Elevity, normalmente realizamos SBRs com nossos clientes pelo menos trimestralmente para garantir que o roteiro tecnológico de cada cliente permaneça alinhado com os objetivos de negócios da organização.

Diretor de informações virtuais (vCIO)

Um CIO é um executivo da empresa responsável pelo gerenciamento, implementação e usabilidade de TI e tecnologia de informática. Eles servem como uma interface crítica entre as necessidades do negócio, as necessidades do usuário e as ferramentas de TI utilizadas na empresa.

Para muitas pequenas e médias empresas, é impossível adicionar um CIO à folha de pagamento. É aí que entra o vCIO. Como parte dos serviços gerenciados de TI que a Elevity fornece, sua empresa é associada ao seu próprio vCIO. Essa pessoa analisa seu ambiente atual e ajuda você a desenvolver uma estratégia de TI apropriada. Um vCIO fornece recomendações sobre qual software e hardware comprar. E eles criam um roteiro de TI personalizado para sua organização.

Ler:  Noções básicas de marketing de busca de comércio eletrônico: o guia para iniciantes

Conheça os vCIOs da Elevity.

Definições de monitoramento e correção de rede

Gerenciamento de monitoramento remoto (RMM): Uma plataforma projetada para ajudar provedores de serviços gerenciados (MSPs), como a Elevity, a monitorar remotamente e proativamente endpoints, redes e computadores de clientes. O software RMM é instalado em estações de trabalho, servidores e outros endpoints e, em seguida, fornece informações sobre a integridade e o status da máquina ao MSP. Usando esses dados, o MSP pode resolver proativamente a maioria dos problemas remotamente – bem como manter todas as máquinas corrigidas e atualizadas.

Centro de Operações de Rede (NOC): Os membros do NOC trabalham em conjunto com o software RMM. Os engenheiros NOC monitoram a integridade, a segurança e a capacidade da infraestrutura dos clientes. Eles fazem os ajustes necessários para garantir que sua rede tenha o melhor desempenho, mantendo sua organização produtiva. A equipe NOC resolve os problemas à medida que surgem e trabalha para evitar que ocorram.

Gerenciamento de eventos de informações de segurança (SIEM): Este sistema é uma combinação de duas tecnologias poderosas: SIM e SEM. O Security Information Management (SIM) coleta dados dos arquivos de log de seus aplicativos e hardware de rede. Em seguida, analisa-os e relata quaisquer ameaças à segurança. O Security Event Management (SEM) monitora seus sistemas em equipe real, notifica os administradores de rede sobre questões importantes e estabelece correlações entre eventos de segurança.

Ler:  Como excluir conta Peacock

Os sistemas SIEM ajudam as empresas a manter a conformidade e fornecem uma visão mais clara sobre os tipos de ameaças à segurança que enfrentam.

Centro de Operações de Segurança (SOC): Uma equipe de segurança da informação que monitora e analisa sua rede e sistemas em busca de anomalias que possam indicar uma violação de segurança. Eles detectam e respondem a incidentes de segurança cibernética. Os provedores de TI gerenciados usam seus próprios SOCs bem equipados para proteger seus clientes.

Como serviço (aaS)

Refere-se a serviços em que a TI é entregue remotamente a você por meio da nuvem. Por exemplo, há Hardware como Serviço (HaaS), Software como Serviço (SaaS) e Infraestrutura como Serviço (IaaS). Você pode aproveitar todos os benefícios do serviço sem o fardo de ativos caros, investimentos de longo prazo e pessoal adicional que tradicionalmente seria necessário para novo hardware, software ou infraestrutura. Em muitos casos, as ofertas como serviço são pré-pagas e o preço é baseado no uso.

Saiba mais sobre TI gerenciada

O segredo para economizar dinheiro e aumentar a eficiência como uma pequena e média empresa

5 razões para terceirizar sua TI

Por que agora é o momento certo para considerar a TI gerenciada

Novas publicações:

Recomendação